Justiça Federal não aceita pedido contra licitação do Mercado Público
07/04/2011
Um mês para adequação do projeto da arena multiuso
08/04/2011

Floram revitaliza a Praça da Praia do Meio

No começo de abril, o DEPAP fez uma ação operacional de manutenção na praça de Coqueiros.

O Departamento de Praças e Arborização Pública da Floram (DEPAP) realizou uma ação operacional de manutenção na Praça da Praia do Meio, localizada no bairro Coqueiros. O biólogo Luiz Pazini Figueiredo coordenou as atividades que foram feitas nos dias 01, 04 e 05 de abril.

A equipe de manutenção do DEPAP fez serviços de roçada, capinação, podas na vegetação e replantio de espécimes danificadas pertencentes ao acervo botânico da Praça do Meio. Na mesma ação, por solicitação dos moradores e de líderes comunitários, foi realizada a arborização com espécimes nativas no espaço entre a praça e a beira da praia (região próxima ao deck).

Após avaliação da solicitação, a equipe técnica do DEPAP definiu que nesta localidade poderia ser instalado o oitavo Bosque de frutíferas, projeto desenvolvido pela fundação desde 2009, que tem como objetivo realizar o plantio adensado de espécies arbóreas frutíferas em Áreas Verdes e Parques do município de Florianópolis como forma de valorizar a estética e propiciar melhoria da qualidade ambiental, favorecendo a ampliação de áreas de sombra, melhoria no micro-clima local e disponibilidade de frutos aos transeuntes.

O diretor superintendente da Floram, Gerson Basso, afirmou que “o Bosque das Frutíferas é uma iniciativa da Floram para aumentar a qualidade de vida na nossa cidade. Na Praça do Meio, foram plantadas árvores frutíferas e com boa sombra, como o araçá, a goiabeira e os jerivás. Os moradores sempre nos enviam respostas positivas, elogiando e incentivando o nosso trabalho”.

(PMF, 07/04/2011)

Conheça o projeto Bosque das Frutíferas

O projeto Bosque das Frutíferas é desenvolvido pelo Departamento de Praças e Arborização Pública da Floram (DEPAP) e tem como objetivo realizar o plantio de espécies arbóreas, frutíferas, nativas e exóticas em Áreas Verdes e Parques do município de Florianópolis como forma de valorizar a estética e o uso dos logradouros.

Iniciado em 2008, o projeto já conta com oito localidades aonde estão instalados os bosques. O primeiro a ser implantado foi o Bosque da Agronômica, conhecido também como “Bosque da Criança”, que fica em uma Área Verde próxima a Cidade da Criança, Promenor, Hospital Infantil e Delegacia da Mulher e do Menor Infrator. Neste local foram plantadas 100 árvores.

O diretor superintendente da Floram, Gerson Basso, afirma que o projeto ganhou visibilidade nos dois últimos anos, quando foram instalados sete bosques ao longo da cidade. “Os Bosques de Frutíferas beneficiam a todos, não só os moradores, mas os visitantes. Os transeuntes podem passar pelo local e colher uma fruta, parar para descansar e desfrutar a natureza”.

O Bosque da Costeira, logo em frente ao Supermercado Bistek, possui cerca de 173 árvores e foi implantado e concluído em 2009. O Bosque de Canasvieiras foi implantado e concluído no ano passado e possui 86 árvores. Já o Bosque do Monte Verde possui cerca de 100 árvores.

O Bosque do Saco dos Limões, conhecido também como “Bosque dos Limões”, localizado no início da Via Expressa Sul, está em andamento, mas já foram plantadas 120 árvores. O Bosque no Final da Via Expressa Sul também encontra-se em andamento, mas já foram plantadas cerca de 250 árvores.

O Bosque da Praça do Meio recebeu 27 árvores e foi implantado neste ano. O Bosque de Coqueiros, que está em andamento, já possui 50 árvores. As espécies frutíferas mais comuns nos bosques são a Gabiroba, Goiaba, Araçá, Ingá, Limão, Laranja, Pitanga, Bergamota, Ameixa, Aroeira, Amora, Jerivá (coquinho), Cereja, Cabeludinha, Abacate e Jaca.

(PMF, 07/04/2011)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

1 Comentário

  1. valdirenechaves disse:

    oi gostaria de saber se a floram faz doaçao de mudas de arvores frutiferas pois gostaria de plantar em minha casa obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *