Florianópolis organiza seu Plano Integrado de Saneamento Básico
17/12/2010
Comcap altera horários de coleta de materiais recicláveis no continente
21/12/2010

SP lança primeiro ônibus a hidrogênio da AL

Veículo fez viagem inaugural de 10 quilômetros nesta quinta partindo da capital paulista; outros três coletivos similares circularão em 2012

O primeiro ônibus totalmente verde da América Latina fez sua viagem inaugural nesta quinta-feira (16), em São Paulo. Movido a hidrogênio, o veículo realizou o trajeto de ida e volta entre os terminais Jabaquara, na zona sul da capital paulista, e Diadema, cidade da região metropolitana, em um total de dez quilômetros.

A concretização do projeto coloca o Brasil no seleto grupo de países que detém a tecnologia não poluente – além dele, produzem veículos alimentados por hidrogênio Canadá, Estados Unidos, Japão e Alemanha.

“O objetivo é que, em um futuro próximo, possamos ser plataforma de exportação dos componentes do ônibus. Além disso, estamos buscando nacionalizar todas as peças do veículo”, explica o analista técnico do projeto, Marcos Lopes.

O veículo terá a mesma tarifa de um coletivo normal. O ônibus lançado nesta quinta é resultado de um trabalho de cinco anos que tem o apoio do PNUD e envolve ainda o Ministério do Meio Ambiente, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF).

A previsão é de que no próximo ano sejam produzidos mais três ônibus, que entrarão em operação em 2012, também em São Paulo. Nesses veículos, apenas três componentes serão importados: as células de combustível; a bateria e a tração; e os tanques de combustível – que precisam ser maiores do que os atualmente fabricados no Brasil.

Ganho ambiental

A principal vantagem do ônibus movido a hidrogênio é ser um meio de transporte verde, que não libera poluentes – em São Paulo, o único outro exemplo são os trólebus (ônibus elétricos).

No lugar de dióxido de carbono e outros poluentes dos carros comuns, produz água. Além disso, proporciona o conforto de viagens com ar-condicionado, vidros escuros e bancos estofados, aos usuários e funcionários.

“Mas o ônibus a hidrogênio também é importante para a população, que ganha mais uma opção limpa, para o meio ambiente e para o desenvolvimento da indústria nacional”, acrescenta Lopes.

O lançamento contou com a presença de autoridades do governo estadual, como o presidente da EMTU e secretário estadual de Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella Pereira, além de representante de empresas como a Petrobras e a Tutto, de Caxias do Sul (RS).

(PrimaPagina/PNUD Brasil, 16/12/2010)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *