Prefeitura quer cercar Praça XV
25/02/2010
Vale do Silício tupiniquim: cultura inovadora e empreendedora
26/02/2010

FCC promove exposição da artista Kátia Áurea

Uma exposição com pinturas da artista Kátia Áurea será aberta na quinta-feira, dia 4 de março, às 19 horas, no Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa, em Florianópolis. Promovida pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), a mostra tem curadoria de Fernando Lindote. A visitação é gratuita, e pode ser feita de 05 de março a 04 de abril, de terça a sexta, das 10h às 18h, sábados e domingos, das 10h às 16h.

A artista conta que seu processo de criação se dá através do contato com a tela branca, no manuseio dos pincéis e das tintas, na preparação para o ato de pintar. “Este ritual me aquece, me leva a um estado de concentração que invoca dentro de mim ‘o contato com a criação’. Vou em busca de ‘algo’ a ser criado, mergulhando no vazio que tudo contém. Procuro me colocar num estado de ‘não pensamento’, silenciando minha mente, me sintonizando com o olhar sobre a tela, e no manuseio das cores e pinceis. Sigo instantaneamente minha intuição, que vai produzindo os movimentos do corpo, dos braços, em traços e pinceladas repleta de cor. Muitas vezes produzo um caldo cromático sobre o branco da tela, a espera e no desejo da materialização de ‘algo’, ‘algo inesperado’. Cada quadro se torna um quadro, desprendido de tema ou série, centrado apenas no momento de criação, no aqui e agora”, descreve Kátia Áurea.

No texto de apresentação da mostra, Lindote afirma que “se a pintura possui uma longa história de estruturação de seus meios e repertório, que nos permite pensar o mundo através de suas imagens, também é verdade que a cada artista se impõe o desafio de deslocar o estabelecido pela tradição e abrir nova chave de fruição. Nesse sentido, a pintura desenvolvida até aqui por Kátia Áurea parece nascer de um sopro. Ou antes, de uma respiração que faz oscilar a superfície da imagem. O repertório que subsiste em séculos de produção pictórica: a composição, a mancha, a escala cromática, o gesto ou a linha; todos esses elementos e outros que a tradição mantém, sofrem, no movimento do corpo da artista sobre o plano da tela, uma leve suspensão. Uma delicada torção que faz com que pareçam revividos. Uma brisa ligeira transpassa cor, forma e composição. Sugestões de lugar, figura e mancha se equivalem sob outra ordem: um movimento interno que passa de uma obra à outra. É uma pintura que respira. E pulsa no gesto da mão no pincel deslizando sobre o tecido. Corpo, mente, crença e acaso concorrem no acontecimento que constitui cada imagem. E conforme tudo o que vive esta pintura não pode ser prevista ou normatizada. Como tudo o que vive, respira.”

Kátia já participou de exposições coletivas no Espaço Oficinas do Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), em Florianópolis, em 2005, 2006 e 2007. Em 2006, também participou de coletivas no Espaço Cultural Rita Maria e no Espaço Cultural Casan. Em 2009, participou da coletiva “Presenças: O Ato de Pintar”, no Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa, mesmo ano em que participou de coletiva na Alemanha. Em 2010, fez a exposição individual “Um Mergulho no Vazio”, na Galeria Municipal de Arte de Itajaí.

O QUÊ: Exposição Kátia Áurea – Pinturas, com curadoria de Fernando Lindote

QUANDO: Abertura 4 de março (quinta-feira), das 19h às 22h. Visitação de 05 de março a 04 de abril de 2010, terça a sexta, das 10h às 18h, sábados e domingos, das 10h às 16h

ONDE: Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa, Sala 4. Praça XV de Novembro, 227, Centro, Florianópolis. Fone: (48) 3028-8091

QUANTO: gratuito

Mais informações:

Kátia Áurea – (48) 9617-8688
Fernando Lindote – (48) 9938-4575
Susana Bianchini – (48) 9989-5751

(FCC, 26/10/2010)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *