Semana da Diversidade: luta contra a discriminação
04/09/2009
Agenda de 07 a 13 de setembro de 2009
04/09/2009

Casan vai receber R$ 144 milhões do governo federal por meio do PAC

Sistemas de esgoto e água serão ampliados em São José e Florianópolis

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) vai receber do governo federal R$ 144 milhões por meio do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para a implementação de projetos de complementação de esgoto e ampliação dos sistemas de água nos município de São José e Florianópolis, em Santa Catarina.

O sistema de esgotos em Laguna, no Sul do Estado, também será executado.

O presidente da Casan, Walmor De Luca, esteve nesta terça-feira em Brasília para participar da assinatura de mais uma estapa do PAC.

A aprovação dos projetos é resultado das negociações desenvolvidas nas últimas semanas em Brasília pelos diretores de planejamento da Casan com o Ministério das Cidades para obter a liberação dos recursos para as obras.

O sistema de esgotos de São José será ampliado para os bairros Roçado e Bela Vista 2, num investimento de R$ 5,3 milhões. Outros R$ 4,6 milhões serão destinados à implantação da coleta e tratamento de esgotos no Centro Histórico e Ponta de Baixo.

Também estão previstas em São José melhorias para o sistema de abastecimento de água, com aplicação de R$ 7,1 milhões para atender com mais qualidade os bairros Barreiros, Forquilhinhas, Campinas e Kobrasol.

A adutora que abrange o Trevo de Forquilhinhas até o Shopping Itaguaçu, na região da Grande Florianópolis, será complementada com mais 2,8 mil metros. O investimento está estimado em R$ 11,6 milhões.

Florianópolis

Em Florianópolis será ampliado o sistema de esgotos sanitários na Costa Norte, estendendo o atendimento para os balneários de Lagoinha e Praia Brava, investimento previsto em R$ 9,5 milhões.

Também receberam a aprovação do governo federal os projetos dos emissários dos novos sistemas de esgotos da Capital, Santo Antônio de Lisboa até o Campeche, no valor de R$ 28,7 milhões, e do Ribeirão da Ilha até o Campeche, orçado em R$ 7,8 milhões.

Além do emissário final localizado no balneário do Campeche, cujo trecho terrestre terá 3.700 mil metros e mais um emissário submarino com extensão de 4.800 mil metros, num investimento total de R$ 40,7 milhões.

Laguna

A ampliação de esgotos em Laguna prevê o atendimento para o Centro Histórico e bairro Magalhães. Será beneficiada uma população de 19.158 mil habitantes.

As obras incluem 47.160 mil metros de rede coletora, sete estações elevatórias e uma estação de tratamento de esgotos compacta. O investimento previsto é de R$ 28,7 milhões.

(DC, 03/09/2009)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *