Casan retoma as obras em São José
11/08/2009
Terminal atual prejudica o turismo de SC
11/08/2009

O apelido não é à toa: repleta de praias e lagoas paradisíacas, e com patrimônios históricos preservados, a capital encanta turistas e locais

Florianópolis – Um paraíso poderia ser em Florianópolis. Essa ilha de Santa Catarina, com praias paradisíacas, cheias de gente bonita, muita comida boa e diversão para todos os gostos, é um daqueles lugares que, em algum momento da vida, deve ser visitado.

Há muita coisa para se ver. Você pode passar pelo cartão postal da cidade, a ponte Hercílio Luz, uma das maiores pontes suspensas do mundo, que faz a ligação do continente com a ilha ou visitar a bela Lagoa da Conceição, rodeada por montanhas e dunas. À sua volta, muitas pessoas caminhando, correndo, andando de bicicleta e tentando manter a forma. Sim, as pessoas por ali adoram manter o corpo em forma, afinal é praia para todo o lado.

A bela Lagoa da Conceição, a maior da região, é disputada pelos amantes de esportes aquáticos, como windsurf e vela. Suas dunas fazem divisa com a Praia da Joaquina.

E por falar em praias, a Joaquina é uma das mais conhecidas pelos turistas. Oferece uma excelente infraestrutura, com restaurantes, bares, hotéis e pousadas. Foi lá que nasceu o sandboard ou surfe na areia. Se estiver em dia com a saúde, não deixe de praticar. Prepare-se, a descida é deliciosa mas a subida não é fácil. Mesmo assim, vale a pena. É diversão na certa!

Muitas outras praias povoam a ilha, uma mais incrível que a outra. As praias Brava e Mole fazem parte do circuito jovem da região, com muita gente bonita, sarada e animada. Diversos quiosques e barzinhos rodeiam suas areias, deixando o clima ainda mais divertido. Não deixe de ir a Jurerê, Ingleses, Santinho, entre muitas outras praias deliciosas, para passar o dia e relaxar, ou até praticar algum tipo de esporte. Porém, no verão, o trânsito por ali pode ficar estressante.

À noite, Floripa também não deixa a desejar. Na região da bela Lagoa da Conceição, há inúmeros bares e casas noturnas, que recebem nativos e turistas de todos os estilos. Não falta opção de balada. E o melhor, tudo com muita simpatia e aquele clima gostoso de cidade praiana.

O que fazer e ver

CANASVIEIRAS: Essa beleza natural, com águas verdes e poucas ondas, tem lazer para toda a família, de passeios de escuna à prática de mergulho. Canasvieiras tem boa infraestrutura no seu centrinho, com supermercados, bancos, postos de saúde, restaurantes e hotéis para todos os gostos. E se a intenção também é se divertir à noite, Canasvieiras oferece bares com música ao vivo e casas noturnas.

BARRA DA LAGOA: Lugar que atrai pelas belezas naturais e simpatia dos manezinhos (como são chamados os nativos de Florianópolis). Há diversas pousadas e restaurantes, uma praia com areias brancas e finas, e ondas que não chegam a assustar os banhistas. Outra atração é a ponte suspensa, cruzando o Canal da Barra, chegando a uma trilha que dá acesso à Prainha, enseada cheia de rochas e sítios arqueológicos.

INGLESES: Definitivamente, uma das preferidas pelos turistas. Sua praia com 5 km de extensão e as dunas, separando Ingleses de Santinho, são as atrações principais. A prática de sandboard ou surfe na areia são comuns nas dunas. O local tem ainda uma excelente infraestrutura de restaurantes, bares e hospedagem.

JURERÊ: É dividida em duas partes: Jurerê Internacional, residencial planejado com bares, restaurantes chiques, shopping e parques, e Jurerê Tradicional, a parte mais antiga e tradicional do bairro, com gente hospitaleira e restaurantes típicos da região. Essa praia, com mais ou menos 3 km de extensão, de areias finas e claras e um mar muito verde, agrada toda a família. É aqui que fica o Iate Clube de Santa Catarina.

JOAQUINA: Esta praia conquistou sua fama a partir dos anos 70, quando os surfistas descobriram a área e virou palco de diversos campeonatos de surfe. Além de surfistas, muita gente bonita circula pela área, criando um ambiente agradável e divertido. Sem dúvida, é a praia com melhor infraestrutura para visitantes, ficando muito cheia no verão. Joaquina possui ainda as famosas dunas, usadas para a prática do sandboard (surfe na areia). Para isso é necessário alugar pranchas no próprio local (aproximadamente R$15).

MOLE: O point da juventude e da paquera. Recebe esse nome por sua areia soltinha e macia. Seu mar é conhecido por ser bravo, então ,as duchas de água doce ajudam a refrescar aqueles que ficam com receio de entrar em suas águas. Há vários barzinhos à beira-mar, servindo petiscos e bebidas, completando o agito. Por ser uma praia muito badalada, o trânsito costuma ficar congestionado na alta temporada.

SANTINHO: Para quem gosta da proximidade com a natureza e tranquilidade, esse é o lugar. Sua beleza é paradisíaca e as ondas perfeitas para a prática do surfe — os surfistas são os maiores frequentadores do local. Uma das maiores atrações da praia são as inscrições rupestres nas pedras feitas pelos povos que habitaram a região há mais de 5 mil anos.

CAMPECHE : Fica entre as praias da Joaquina e Morro das Pedras. Suas águas são cristalinas, bastante salgadas, frias e com ondas fortes. Durante a década de 20, foi instalado ali o primeiro aeroporto internacional do sul do Brasil (hoje, Intendência do Campeche) pelo correio francês Société Latécoère. O comandante da rota, Antoine de Saint-Exupéry, que também era escritor, costumava passar temporadas na região. Assim, o nome da principal rua do balneário é Avenida Pequeno Príncipe, uma homenagem à mais famosa obra do escritor.

PRAIA BRAVA: Uma das mais belas e charmosas da ilha, é abraçada pela Mata Atlântica e tornou-se uma das praias mais elitizadas de Santa Catarina. São 1.200m de areia, com mar agitado e águas claras. Muita gente bonita e jovem frequenta o lugar, adicionando ainda mais charme ao local.

(O Dia Online, 11/08/2009)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *