Prefeitura de Florianópolis promove sessão de cinema
23/07/2009
IF-SC prepara festa do centésimo aniversário
23/07/2009

A partir de segunda-feira, motoristas que precisam estacionar no Bairro Estreito, região continental da Capital, terão de pagar a Zona Azul. As 780 vagas do estacionamento rotativo cobrado funcionarão em 14 ruas do bairro.
A cobrança do estacionamento nas ruas foi uma solicitação dos comerciantes, feita há cerca de um mês. O coordenador do Núcleo Moveleiro da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif), Juarez Rocha, justificou que os clientes deixam de frequentar o comércio por não terem onde estacionar:
– Na Rua Fulvio Aducci, onde há um comércio intenso, as pessoas deixam os veículos parados o dia inteiro. Se não há cobrança, não tem rodízio, e o cliente desiste de comprar.
Ontem, funcionários da prefeitura já estavam colocando as placas da Zona Azul nas ruas onde a cobrança passará a ser feita.
O secretário municipal do continente, Deglaber Goulart, explicou que a cobrança será feita da mesma maneira que no Centro e com as regras novas. Quem comete irregularidades recebe um cartão de advertência amarelo e tem prazo de 72 horas para regularizar a dívida.
A taxa equivale a 10 vezes o valor de uma hora (o que corresponde a R$ 10). Caso contrário, o infrator está sujeito à multa de R$ 54 e três pontos na carteira de motorista.
Com a Zona Azul no Bairro Estreito, o secretário estima que serão arrecadados cerca de R$ 154mil por mês. O dinheiro será destinado ao Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf), à Associação Florianopolitana de Voluntários (Aflov), à Guarda Municipal e à Polícia Militar. Uma parte será doada à creche dos funcionários da Zona Azul.
Ruas onde haverá cobrança
> Fulvio Aducci (que começa como
Rua Coronel Pedro Demoro)
> General Liberato Bittencourt
> Souza Dutra
> Dr. Heitor Blum
> Bernadino Vaz
> Secundino Peixoto
> Santos Saraiva
> Aracy Vaz Callado
> Antonieta de Barros
> Tereza Cristina
> Afonso Pena
> Líbia Cruz
> Santiago Dantas
> Ursulina de Castro
(DC, 23/07/2009)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *