Secretaria de Assistência Social e IGEOF oferecem capacitação profissional gratuita
22/06/2009
´Tangos, el exílio de Gardel` será exibido nesta quarta-feira no Ciclo de Cinema Argentino
22/06/2009

XII Congresso da Associação para a Pesquisa Intercultural

UFSC sedia de 29 de junho a 3 de julho congresso internacional sobre interculturalidade

Pela primeira vez, a Association pour la Recherche Interculturelle (ARIC) vai realizar um evento mundial no hemisfério sul, e a instituição escolhida como sede é a Universidade Federal de Santa Catarina. Durante o período de 29 de junho a 3 de julho de 2009, a universidade receberá o XII Congresso da Associação para a Pesquisa Intercultural.

Com mais de 600 autores de 44 países dos cinco continentes, o evento deve reunir cerca de 1400 participantes-ouvintes para discutir a interculturalidade e seus vínculos com a educação, a sustentabilidade, a mundialização, a política, a espistemologia, as identidades e as novas tecnologias. Estarão representadas 308 instituições de ensino, pesquisa e assessoria, sendo 134 destas brasileiras.

A Interculturalidade se manifesta em questões relacionadas à formação de identidades, a valorizações das diferenças, analisando a relação entre grupos distintos de diferentes culturas sem criar uma relação de subordinação. “Analisamos relações de gêneros diferentes, de gerações diferentes, de identidades distintas. A questão é saber reconhecer a especificidade de cada cultura, potencializando suas singularidades”, explica Reinaldo Fleuri, professor do Centro de Educação da UFSC e atual presidente da ARIC.

Ao focalizar o tema “Diálogos interculturais: descolonizar o saber e o poder” o congresso problematizará as atuais estruturas políticas e socioculturais. Dentro de sete eixos temáticos serão discutidos, por exemplo, assuntos como a educação inclusiva, a biodiversidade, a cooperação internacional, os direitos humanos, os saberes fronteiriços, o empreendedorismo, as políticas públicas, a colonialidade e o governo eletrônico.

O Congresso é organizado em seis Mesas Plenárias, cinco Sessões Especiais e 20 Grupos de Trabalho. As conferências serão constituídas por um coordenador, um expositor e um debatedor, membro histórico da ARIC. Participarão do evento grandes nomes da pesquisa científica em interculturalidade como o americano Ramon Grosfoguel, o canadense Paul Carr et Gina Thesée e a colombiana Zayda Sierra, além do Conselheiro da Unesco, o peruano José Marin et Ferand Quellet. A programação completa das conferências e grupos de trabalhos pode ser acessada em

www.aric2009.ufsc.br/programacao.htm
.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 29 de junho. Com o intuito de acessibilizar a inscrição de mais pessoas, a organização está oferecendo um desconto de 50 % para estudantes da UFSC, ficando assim o preço estabelecido em R$145,00, até dia 24 de junho. Para os demais interessados, será cobrado um valor de R$ 290,00. A participação no evento dá direito a um certificado de 40 horas de extensão universitária com chancela da UFSC e da ARIC.

ARIC

A ARIC (Association Internationale pour la Recherche Interculturelle), que possui sua sede na Suíça, tem como objetivos dinamizar a pesquisa intercultural e promover a articulação entre teoria e prática. A Associação promove o intercâmbio internacional de informações entre pesquisadores, incentivando pesquisas e organizando encontros científicos nacionais e internacionais.

O atual presidente da ARIC é o professor Reinaldo Matias Fleuri, do Centro de Educação da UFSC, eleito no último congresso, realizado em 2007 na Romênia. Ele também preside o Núcleo Mover (Educação Intercultural e Movimentos Sociais), do Centro de Educação (CED).

Mais informações
www.aric2009.ufsc.br
.
Tel (48) 3721-8702

(Tiago Pereira, Agecom, DeOlhoNaCapital, 22/06/2009)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *