Embelezamento por adoção
30/06/2009
Seminário discute as oito metas do milênio
30/06/2009

Ônibus vão parar de novo

Paralisação é quarta em pouco mais de um mês na Capital
Nem uma reunião de cinco horas foi suficiente para impedir o início de mais uma greve por tempo indeterminado no transporte coletivo da Capital a partir das 7h de hoje. O sindicato dos trabalhadores (Sintraturb) garantiu que cumprirá a determinação judicial de manter uma frota mínima de ônibus nas ruas. A paralisação, que atinge cerca de 200 mil pessoas na Grande Florianópolis, é a quarta desde 19 de maio, quando o serviço foi interrompido por 33 horas.
Um dos pontos mais polêmicos para empresários e trabalhadores do transporte coletivo, no entanto, foi superado ontem. De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas (Setuf), Waldir Gomes, a manutenção do cargo dos cobradores saiu da pauta de negociações e não representa mais um impedimento para o avanço de um acordo.
O secretário de Transportes, João Batista Nunes, que também participou da reunião no Ministério Público do Trabalho, ontem à tarde, manteve a proposta da prefeitura de reajuste salarial de 7% e no vale-alimentação para o valor de R$ 310.
– As negociações avançaram muito hoje. O que falta agora para fechar este acordo são pequenos ajustes. Mas, para cumprir a nossa proposta, o município deverá aumentar o subsídio ou os valores das tarifas – afirmou Nunes.
Segundo o secretário de Transportes, durante a greve, todos os serviços essenciais estarão mantidos e um policiamento ostensivo vai garantir a segurança e normalidade na cidade.
– A frota de ônibus que estará circulando hoje será suficiente para suprir a demanda e não será necessário a utilização de transportes alternativos, como as vans, que estão muito debilitadas.
Ministério Público prevê multa em caso de descumprimento
O Ministério Público já adiantou que manterá a multa de R$ 50 mil por dia, caso o sindicato dos trabalhadores não mantenha 50% da frota nos horários de pico – das 5h30min às 8h30min e das 17h às 20h30min – e 20% nos demais horários.
Nenhum diretor do Sintraturb acompanhou a reunião ontem, apenas o advogado do sindicato, Antônio Carlos da Silva. Segundo o secretário de Transportes, uma nova rodada de negociações pode ser realizada hoje.
O secretário de Assuntos Jurídicos e Financeiros do Sintraturb, Deonísio Linder, disse que a direção do sindicato deve se reunir hoje para avaliar as propostas da última reunião.
(Nanada Gobbi, DC, 30/06/2009)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

0 Comentários

  1. Mariana Buzutttttiiiaff disse:

    Amanhã 01/07/09
    a greve continua???
    por favor responda!!!

  2. Lívia de Oliveira disse:

    A greve continua ainda, preciso saber…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *