A saúde e as enchentes
10/06/2009
Impor limites
10/06/2009

Da coluna de Estela Benetti (DC, 10/06/2009)

Após sediar o Congresso Mundial de Turismo, Florianópolis atrai mais um evento de peso. Trata-se do Fórum Global de Inovação e Empreendedorismo, de 26 a 30 de outubro, realizado pelo Banco Mundial. Paralelamente, irá ocorrer o Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras. O anúncio dos eventos foi ontem, durante a sanção da Lei da Inovação de SC, pelo governador Luiz Henrique, com a presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende.

Os dois eventos serão no Costão do Santinho e atrairão cerca de mil participantes de 70 países, disse o presidente da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Aprotec), Guilherme Ary Plonski.

Para fármacos

O Sapiens Parque vai sediar centro de pesquisa em farmacologia para exames pré-clínicos. O projeto vai receber, inicialmente, R$ 3 milhões da Finep e será liderado pela Fundação Certi, informa o presidente da entidade, Carlos Alberto Schneider.

Os recursos foram liberados pelo diretor da Finep, Eduardo Costa.

Lei da Inovação sancionada

A nova Lei da Inovação de SC, após passar por vários trâmites, foi sancionada ontem pelo governador Luiz Henrique (D), com a presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende (E); do presidente da Fapesc, Diomário Queiroz (C); e de outras autoridades, na Casa d’Agronômica. Já dentro da nova lei, foram liberados R$ 9,5 milhões, sendo R$ 6,5 milhões da Finep, R$ 1,5 milhão do Sebrae/SC e R$ 1,5 milhão da Fapesc, para 37 projetos de inovação de empresas do Estado.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *