Ministro da Pesca apresenta na Assembléia as ações de desenvolvimento para SC
26/05/2009
Parte da Beira-Mar pode ser fechada hoje
26/05/2009

Confirmados palestrantes do Sustentar 2009

A comissão organizadora do Sustentar 2009 – Fórum sobre Energias Renováveis e Consumo Responsável, divulgou, nesta sexta-feira 22, os palestrantes do evento que ocorre entre os dias 27 e 29 de maio, na Assembleia Legislativa. Idealizado e coordenado pelo deputado estadual Pedro Uczai (PT), o Sustentar 2009 é uma promoção da Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia e da Comissão de Turismo e Meio Ambiente.

Entre os palestrantes estão especialistas da Alemanha e de Portugal, que falarão sobre experiências de produção de energia renovável na Europa. As inscrições são gratuitas e limitadas, e devem ser feitas pelo site www.alesc.sc.gov.br. Até esta sexta-feira, cerca de 500 pessoas já haviam se inscrito. O Sustentar 2009 vai reunir vários especialistas da área energética e ambiental para debater a polêmica relação entre produção de energias renováveis e de alimentos.

Será a segunda edição do evento, que no ano passado foi destaque pelo sucesso de público e de conteúdo e resultou na edição de um livro sobre o tema. A obra “Inevitável Mundo Novo – a relação entre energias renováveis, produção de alimentos e o futuro do planeta” foi organizada pelo deputado Pedro Uczai e será lançada no dia 28, às 19 horas, dentro da programação do Sustentar 2009.
Programação
CONFERÊNCIA: MEIO AMBIENTE, ENERGIA E CONSUMO
Matriz energética brasileira; perfil do consumo energético; principais metas e programas da política nacional; impactos ambientais da matriz brasileira; novo marco regulatório, energias renováveis – Márcio Zimmermann – Secretário Executivo do Ministério de Minas e Energia
MUDANÇAS CLIMÁTICAS E O FUTURO DO PLANETA
Conceitos e cenários em mudanças climáticas; maiores fontes de emissão de gases de efeito estufa; mudanças climáticas no Brasil; principais evidências/hipóteses para o sul do Brasil; medidas e ações de combate/mitigação – Francisco Aquino – professor (UFRGS) e pesquisador do programa Antártico Brasileiro.
– Philip Martin Fearnside – Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA, Departamento de Ecologia.
ENERGIAS RENOVÁVEIS E UM NOVO MARCO REGULATÓRIO
Importância do marco regulatório; principais lacunas/limitações jurídicas; normas existentes; proposições em energia renovável na esfera federal e estadual – Lauro Fiuza – Presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEÓLICA)
– Paulo Teixeira – Deputado federal, membro da Comissão Mista do Congresso Nacional, responsável por proposições em energias renováveis
– Pedro Uczai – Deputado Estadual PT/SC – Coordenador do Sustentar e membro da Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia da Assembleia Legislativa de SC.
ENERGIA SOLAR E EÓLICA
Possibilidades e limitações no mundo/Brasil/SC; iniciativas efetivas e potenciais; medidas institucionais/políticas necessárias; impactos ambientais. Energias renováveis como estratégia de desenvolvimento regional.
Fábio Rosa – Diretor do Instituto Ideal (Florianópolis) e do IDEAAS – Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas e da Auto-Sustentabilidade (Porto Alegre) – implementou experiências de energia solar em comunidades isoladas do Rio Grande do Sul e na Amazônia e agora participa de projeto de casas solares para os refugiados no Quênia/ África.
– Antonio José Martins – Central Fotovoltaica de Moura (Portugal) – maior central do mundo – e coordenador de projetos da Lógica.
– Délcio Rodrigues – Coordenador do projeto “Cidades Solares – difundindo o conhecimento sobre energia solar nas cidades brasileiras”.
– Prof. Dr. Ricardo Rüther – Laboratório de Energia Solar & LabEEE (Laboratório de Eficiência Energética em Edificações da UFSC) e Diretor do Instituto Ideal.
– Dr. Prof. Paulo Carvalho – Professor adjunto do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Ceará
GERAÇÃO DE ENERGIA EM PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS – PCHS
Possibilidades e limitações no mundo/Brasil/SC; iniciativas efetivas e potenciais; medidas institucionais/políticas necessárias; impactos ambientais. Novas tecnologias, política pública e legislação – Sergio Ronaldo Bordinhão – Diretor da Desenvix S.A: iniciativas sociais e ambientais junto aos empreendimentos hidrelétricos de pequenas e médias usinas – Florianópolis
– Rainer Meier – Experiências em PCH Alemã – Escada de peixes
– Ulrich Werder – Experiências em PCH Alemã – Parafuso de Arquimedes
– Sérgio Miotto – Presidente da Creral – Cooperativa de Eletrificação Rural do Alto Uruguai – CRERAL
Lançamento do livro “Inevitável Mundo Novo – a relação entre energias renováveis, produção de alimentos e o futuro do planeta” (org. Pedro Uczai)

ENERGIA E ALIMENTO

Consumo de alimento e energia no mundo; uso de alimentos para a produção de biocombustíveis/agrocombustíveis; impactos socioeconômicos do uso de alimentos para geração de energia; segurança/soberania energética e/ou alimentar; riscos e oportunidades da relação alimento-energia. Padrão de produção e de consumo – José Tubino – Representante da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação no Brasil (ONU-FAO)

ALTERNATIVAS ENERGÉTICAS EM BIOMASSA
Possibilidades e limitações no mundo/Brasil/SC; iniciativas efetivas e potenciais; medidas institucionais/políticas necessárias; impactos ambientais. Tecnologias disponíveis; potencial catarinense e brasileiro; geração distribuída e legislação – Nelso Pasqual – Granja São Roque (Videira): produz energia com biodigestores para abastecer a granja vender o excedente.
– Marcelo Teles – Cooperativa Mista de Produção, Industrialização e Comercialização de Biocombustíveis do Brasil LTDA (COOPERBIO)
– Gildo Bratz – Cooperativa dos produtores de cana de Porto Xavier LTDA (Coopercana)
– Cícero Bley Jr. – Responsável pela geração distribuída – Energias Renováveis da ITAIPU
Sadi Baron – Secretário Executivo do Projeto Alto Uruguai Biodigestores

NOVO PADRÃO DE CONSUMO
Padrão de consumo da sociedade atual; impactos socioambientais do consumo; iniciativas governamentais; papel dos governos, das empresas e do consumidor.
Caixa Econômica Federal – Iniciativa de energias renováveis no programa “Minha casa, Minha vida”.
André Soares – Representante do IPEC (Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado)
Francisco Maciel – Empresa Iniciativa Verde: especializada em projetos de compensação de emissão de gases de efeito estufa
F.O. Rafael Geracts – Vital Planet: Empresa holandesa que atua em mais de 20 países europeus na gestão e transformação de resíduos urbanos.

POLÍTICA AMBIENTAL E ENERGÉTICA CATARINENSE
Histórico da política ambiental/energética; avanços e retrocessos; Código Estadual do Meio Ambiente; gestão de recursos hídricos e geração de energia; PCH´s; políticas e instrumentos econômicos de incentivo (ICMS, PSA, etc.); Legislação; políticas públicas; política de financiamento; política de produção e comercialização.

Paulo Belli Filho – Professor do departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental de SC: responsável pelo inventário da produção de gás metano em Santa Catarina, elaborado pela UFSC e SC-Gás.
Mauro Passos – Presidente do Instituto IDEAL
Luiz Antônio Garcia – Diretor de licenciamento da FATMA.
Beate Frank – Professora da FURB e coordenadora do Projeto PIAVA (projeto de capacitação para construção de política para capacitação da água)

(Comunicação Deputado Pedro Uczai PT/SC, Adjori/SC, 26/05/2009)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *