Ônibus de Florianópolis já aceitam cartão de débito para pagamento de passagens
01/10/2008
Praça Hercílio Luz ganha novo cenário paisagístico
01/10/2008

Rede de ensino da Capital vai participar do Eco-escolas

A Secretaria de Educação da Capital e o Instituto Ambiental Ratones firmaram um termo de cooperação para a implantação na rede municipal de ensino do programa Eco-Escolas. O Programa visa estimular ações e reconhecer o trabalho desenvolvido pelas escolas em benefício do meio ambiente.

O programa pode ser adotado por toda unidade educativa. O título atribuído aos participantes consiste numa Bandeira Verde que deverá ser hasteada em um lugar de destaque no estabelecimento de ensino. A Bandeira Verde é um certificado da busca pela melhoria ambiental da escola e comunidade.

As escolas integrantes devem estar atentas a algumas orientações, sendo que uma delas é a criação do Conselho Eco-escola, que vai assegurar a execução de outros passos. O Conselho deverá ser composto por representantes da comunidade escolar e local.

As unidades também farão uma análise da situação existente na escola para identificação das características que necessitam ser corrigidas ou melhoradas, levando em conta os temas base: água, energia e resíduos. Este trabalho é chamado de auditoria ambiental.

Anualmente deverá ser aprovado um plano de ação pelo Conselho Eco-escola. O plano definirá objetivos possíveis, medidas a implementar e prazos viáveis para a sua concretização. Regularmente as ações serão monitoradas e avaliadas.

Os assuntos ambientais que são estudados na sala de aula devem influenciar a forma de funcionamento do estabelecimento de ensino e o envolvimento da escola e comunidade poderão ser alcançados através da realização de exposições, feiras, debates e outros eventos.

Quanto à ultima orientação, trata-se do Eco-código. Ou seja, uma declaração dos objetivos do programa, traduzidos por ações concretas que todos os membros da escola deverão seguir e que demonstrarão o empenho da unidade no desenvolvimento de atividades em favor da Educação Ambiental.

Mais informações com a professora Sueli Amália de Andrade, Assessora de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal de Educação: 3251-6099.

(PMF, 30/09/2008)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *