Exportação de em SC cresce 21,4 % até julho
13/08/2008
Acaert debate o futuro da mídia
13/08/2008

Inclusão universitária na Acafe

Oferecer uma proposta de inclusão universitária aos governos federal e estadual, para possibilitar acesso amplo dos estudantes de baixa renda ao ensino superior. Com essa finalidade, a Acafe elaborou o Programa de Inclusão Universitária para o Estado.
Esse programa foi apresentado ao governo do Estado e, hoje, será discutido em Brasília, com o ministro da Educação, Fernando Haddad, pelo governador Luiz Henrique da Silveira e o secretário de Estado da Educação, Paulo Bauer.
Conforme o reitor da Unochapecó, Odilon Poli, o programa “é uma proposta de parceria entre o Estado, o governo federal e as instituições do Sistema Acafe para ampliar a gratuidade na educação superior em SC.”
Dessa forma, pretende gerar mecanismos de inclusão dos estudantes de baixa renda nas instituições da Acafe, com custos reduzidos para os governos federal e estadual, otimizando a capacidade física e o capital intelectual disponível.
O programa destaca que, em Santa Catarina, através da Acafe, “há condições de atender aos estudantes egressos de escola pública com renda inferior a cinco salários mínimos, sem necessidade de altos investimentos na criação de novos cursos”.
Com esse programa, segundo o reitor da Unochapecó, “haverá a ampliação da gratuidade na educação superior em Santa Catarina, permitindo a inclusão de 7,7 mil alunos, distribuídos pelas regiões do Estado nos diversos cursos”.
Para tanto, Poli indica que os compromissos de sustentação dos universitários a serem incluídos devem ser de 30% para o governo federal, 20% para o Estado, 30% como contrapartida das instituições e 20% como participação dos alunos.
Outros argumentos são a predominância de 69% das matrículas nas 15 instituições de ensino superior públicas de direito privado filiadas à Acafe em Santa Catarina. Essas instituições possuem mais de 130 mil alunos em aproximadamente 950 cursos de graduação e 20 mil em cursos e programas de pós-graduação.
(DC, 13/08/2008)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *