Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia empossa nova diretoria
16/05/2008
Cultura francesa em SC
16/05/2008

Filme catarinense é premiado no festival de cinema na Argentina

O documentário em longa-metragem “O Mundo em Duas Voltas”, de David Schurmann, ganhou o troféu Lente de Cristal de melhor filme na opinião do público no I Cine Fest Brasil-Buenos Aires. O anúncio foi feito na noite de ontem, no Cine Recoleta Village, que desde o dia 8/05 exibiu 12 longas-metragens nacionais na mostra competitiva.
Roteiro
O Mundo em Duas Voltas traça um paralelo entre a primeira volta ao mundo, feita pelo navegador Fernão de Magalhães, que em 1519 liderou uma das mais fantásticas aventuras navais de todos os tempos e no final comprovou que a terra era redonda, e a viagem que a família Schurmann fez em 1997, seguindo a mesma rota de Magalhães. O filme emocionou espectadores como o uruguaio residente em Buenos Aires, Gastán Gutiérrez, que desde os tempos de Glauber Rocha não assitia uma produção brasileira. “Fiquei com vontade de sair do cinema e rodar o mundo como eles. Tenho uma grande amiga brasileira, gosto muito do Brasil e fico feliz em poder assistir os novos filmes que vêm de lá”, disse.
O I Cine Fest Brasil-Buenos Aires foi considerado um sucesso pelo público, pelos produtores locais e pela diretoria do Circuito Inffinito de Festivais, que realiza mostras de filmes brasileiros pelo mundo. “O Festival foi responsável por 20% da ocupação do Cine Village Recoleta, que conta com 16 salas de cinema. E neste fim de semana, superou a bilheteria de blockbusters como Meteoro e Speedy Racers”, conta a coordenadora do complexo, Silvina Baum.
A diretora do Grupo Inffinito, Viviane Spinelli, já faz planos para a próxima edição. “Em 2009 vamos ampliar a estrutura do Festival promovendo debates entre diretores, produtores e estudantes brasileiros e argentinos. E além de preencher essa lacuna que existe na exibição de filmes brasileiros aqui, vamos fomentar negócios no mercado audiovisual latino-americano”, adianta Viviane.
Esta primeira edição já está rendendo frutos. O coreano Song Hee, exportador de filmes da América Latina para cinema e TV na Coréia está de olho em Alucinados, do Roberto Santucci. “Esse festival chegou na hora certa. Há tempos tenho interesse em comprar filmes brasileiros, mas não tinha acesso a eles. Na Coréia há uma lei que garante cotas de exibição para filmes locais e latino-americanos. Hollywood não domina as salas de exibição coreanas”, explica.
O filme Polaroides Urbanas, de Miguel Falabella, encerrou a programação do festival na noite de ontem, em exibição hors-concours, que contou com a presença da produtora Paula Barreto. “Participo deste circuito desde a primeira edição, em Miami, e fico muito feliz em ver como o cinema brasileiro é bem recebido em todos os lugares por onde passa”.
Fonte: Palavra Assessoria de Comunicação
(acontecendoaqui, 16/05/08)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *