Lei Catarinense de Inovação aguarda regulamentação do Governo do Estado
04/03/2008
Entre a moda e o atraso
04/03/2008

Carta de Florianópolis aos Cidadãos Brasileiros

“Estamos correndo o risco de estar construindo uma sociedade hipócrita”. Com esta afirmação, d. Murilo Krieger traduziu o sentimento de grande parte dos brasileiros diante de fatos recorrentes no dia-a-dia, que evidenciam atitudes contraditórias entre o que se faz e o que se diz. Foi ovacionado pelos mais de 360 participante do Fórum sobre Ética na Profissões, realizado na cidade de Florianópolis no dia 08 de novembro de 2007, no auditório Antonieta de Barros da Assembléia Legislativa de Santa Catarina.
O Fórum foi promovido pelo Rotary Club de Florianópolis, com o apoio do Distrito 4651 do Rotary Internacional e contou com a participação de profissionais e estudantes de diversas áreas.
Mediados pelo professor de bioética da UDESC, dr. Walter Celso de Lima, os palestrantes d. Murilo Krieger (arcebispo de Florianópolis), Denise Frossard (juíza aposentada e ex-deputada federal) e Livio Giosa (professor e vice-presidente da ADVB), levaram os participante a refletir sobre o tema e o que precisa ser feito para que a sociedade desperte e redirecione seus valores no caminho da ética.
A juíza Denise Frossard enfatizou que a preocupação com a ética deve atingir todos os cidadãos responsáveis, todos os poderes e iniciativa privada, sendo que ninguém está acima da Lei, nem tem o direito de auto avaliar-se como “mais ético” que outra pessoa, mesmo que seja detentor de algum poder. Quem pode reconhecer se uma pessoa é ética, ou não, são as outras pessoas, pelas atitudes e comportamento daquela. Sugeriu a utilização prática da Prova Quádrupla, o código de ética seguido pelos rotarianos, antes de qualquer ação ou pensamento, que se resume em quatro perguntas:
Do que nós pensamos, dizemos e fazemos:
1- É a VERDADE?
2- É JUSTO para todos os interessados?
3- Criará BOA VONTADE e MELHORES AMIZADES?
4- Será BENÉFICO para todos os interessados?

O professor Livio Giosa falou dos riscos de destruirmos “nossa nave mãe”, a Terra, pela atitude e comportamento inadequado de quase toda a sociedade e pela ausência de responsabilidade social e ecológica das entidades e empresas. Demonstrou que a ética é a base de sustentabilidade desta nova “consciência”, mas que só com atitudes e mobilização de todos conseguiremos dar real sustentabilidade a este movimento por um Brasil melhor.
Assim, o Rotary Club de Florianópolis convida todos os cidadãos brasileiros a se comprometerem nesta mobilização por um país mais justo, mais solidário e mais ético, tomando atitudes sempre conscientes em todos os seus atos e decisões. Essas atitudes se refletem em seus lares, locais de trabalho e ambiente social. Acreditamos que devemos, diante de situações de comportamento não ético ou imoral, não aceitá-las e usarmos o direito de impedi-las com denúncias e protestos.
Esta mobilização começa com o exemplo de cada um e terá um efeito multiplicador se cada cidadão, líder em sua profissão pensar, sentir e agir de acordo com a Prova Quádrupla.
O ano de 2008 é propício pela oportunidade das eleições de votar em quem realmente possa nos representar adequadamente e de quem devemos ser fiscais. A responsabilidade pela mudança é nossa, vamos agir.
Florianópolis, fevereiro de 2008
Eder Vieira Couto
Presidente da Av. de Serviços Profissionais Rotary Club de Florianópolis
Ronaldo Schara
Presidente do Rotary Club de Florianópolis Distrito 4651

Luiz Carlos Manhães

Governador do Distrito 4651 Rotary Internacional

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

2 Comentários

  1. Cyntia Sartor disse:

    Boa Tarde,
    De acordo com o contato de Eder Vieira Couto, dentro de minhas atribuições como Presidente do Centro Acadêmico de Direito da Universidade do Contestado Campus Curitibanos, gostaria de que analisassem a possibilidade de realizarem o lançamento desta carta aqui na nossa cidade, no auditório da UNC (Universidade do Contestado) pois esta carta vem de encontro com um projeto dos acadêmicos, e poderia ser o marco inicial de execução do mesmo. A nossa meta a atingir os acadêmicos com este lançamento, e prosseguirmos com um grupo acadêmico em toda cidade.
    Por isso seria interessante confirmarem o mais breve possivel . E se viavél, agendarmos o dia neste mês ainda.
    Aguardo retorno para programar-mos
    desde já agradeço
    Cyntia Sartor
    Presidente do CAD
    O Contestado

  2. mm Rogério, da equipe do site disse:

    Oi Cyntia,
    Muito obrigado por seu comentário. A Carta a qual se refere o texto acima é resultado do Fórum promovido pelo Rotary Club de Florianópolis. A ong FloripAmanhã (floripamanha.org) não é responsável pela Carta, apenas publicou o texto da Carta por considerar importante reforçar a divulgação do seu conteúdo para a sociedade.
    Enviamos a sua mensagem para o e-mail indicado no site do Rotary de Florianópolis. Se você não obtiver resposta, faça contato novamente através do site http://rotaryflorianopolis.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *