Fatma divulga 12º relatório de balneabilidade
18/02/2008
Denúncia: construções em uma cidade superlotada
18/02/2008

Irani é primeira empresa do Brasil a certificar inventário de carbono na ISO 14.064

A Celulose Irani é a primeira empresa do Brasil a certificar o seu Inventário de Gases de Efeito Estufa – GEE de acordo com a norma internacional ISO 14.064, de 2006. A certificação foi feita pela BRTUV e constatou que a IRANI emitiu, no ano de 2006, 102.478 toneladas de carbono equivalente e removeu da atmosfera 638.630 tCO2e, resultando em uma remoção liquida de 536.152 tCO2e. Desta forma, as atividades da IRANI são consideradas Carbono-Neutras, por retirar mais carbono da atmosfera do que emite.
A remoção do carbono ocorre em função do grande volume de florestas plantadas da empresa e de sua geração de energia limpa. A IRANI tem 33 mil hectares de terras em Santa Catarina, com 17.000 hectares de florestas de pinus plantadas, e 10.400 hectares de terras no Rio Grande do Sul, dos quais 8 mil hectares de plantação de pinus. Cada hectare de floresta plantada seqüestra da atmosfera aproximadamente 8 toneladas de carbono por ano.
Geração de energia também contribuiu
Além da remoção feita pelas florestas, outro fator que contribui significativamente para o resultado do inventário é a geração de energia. Do total de energia consumida pelas atividades industriais da IRANI, 81% é de geração própria. Totalmente à base de recursos renováveis, provém de suas três hidroelétricas e duas termoelétricas à base de biomassa e, portanto, a empresa não utiliza combustíveis fósseis para gerar energia.
Em 2005, com o projeto de co-geração de energia, a IRANI foi a primeira empresa do setor de papel e celulose do Brasil e a segunda no mundo a ter créditos de carbono emitidos e comercializados pelo Protocolo de Kyoto.
O Inventário
O inventário de carbono foi realizado pela IRANI com a consultoria da empresa MundusCarbo, de Belo Horizonte-MG e seguiu as orientações da norma ISO 14.064, GHG Protocol e IPCC 2006 Guidelines for National Greenhouse Gases Inventories.
“Buscamos com a certificação dar confiabilidade e credibilidade às informações, manter um controle padronizado do inventário, proporcionando uma gestão mais eficaz do balanço de carbono”, diz Pericles Pereira Druck, Diretor Superintendente da Celulose Irani S.A.
Outro objetivo do inventário, além de orientar a redução do impacto ambiental da IRANI, é procurar identificar oportunidades de novos projetos de geração de créditos de carbono. O cálculo das emissões de 2007 já está em andamento.
(Acontecendoaqui, 15/02/08)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *