Parque Municipal da Galheta
12/02/2008
Favelização na Grande Florianópolis
12/02/2008

Da coluna de Estela Benetti (DC, 12/02/08)
No esforço para causar menores danos ambientais, cresce o número de empresas que oferecem sacolas retornáveis para reduzir o uso das sacolas plásticas, que demoram 500 anos para se degradar. Só para citar iniciativas recentes, a Cia Hering aproveitou a São Paulo Fashion Week para lançar a sua ecobag de algodão rústico.
A rede de supermercados Comper, que somente na loja da Trindade utiliza cerca de 3,5 mil sacolas plásticas/dia, lançou sacola retornável feita de TNT para incentivar o uso das mesmas nas compras. A rede está vendendo mais de 2 mil sacolas por R$ 1,99 nas suas seis lojas em SC.
A oferta de sacolas é grande, mas, aparentemente, poucos consumidores aderiram a essa onda ecológica.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

2 Comentários

  1. andré paiva disse:

    Precisamos aprovar lei proibindo a distribuição de sacolas plásticas na capital, com urgência!

  2. fatima disse:

    Creio que vai demorar um pouco para as pessoas aderirem a idéia.
    Sou costureira e quero confecionar as sacolas, mas tenho dificuldade em colocar preço para venda em supermercado.
    Se vocês puderem me auxiliar agradeço.
    O tecido que estou usando é tecido cru, ometro custa aproximadamente 6,oo
    Estas atitudes de proteger o meio ambiente eu aprovo.
    Parabens!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *