Comissão técnica deve agilizar a criação de Jardim Botânico em Florianópolis
11/09/2007
Semana da diversidade
11/09/2007

Da coluna de Moacir Pereira (DC, 11/09/2007).

Durante reunião com o secretário do Governo, Danilo Cunha, e com o presidente da Floram, Itamar Bevilaqua, o prefeito Dário Berger abortou uma nova crise política pronta para estourar no primeiro escalão do governo. Ela foi detonada na véspera do feriadão, quando, em vistoria ao viaduto do Itacorubi, o vereador João da Bega criticou o presidente da Floram por realizar mudanças na equipe, desalojando correligionários do PMDB sem ouvi-lo, como presidente interino do diretório municipal. As ações do presidente do Ipuf, Ildo Rosa, que é secretário de Defesa do Cidadão, mereceram reparos do vereador, que condenou a postura técnica, sem subordiná-la a critérios partidários.

João da Bega cobrou duplamente do prefeito. De um lado, queixando-se de que o PMDB, seu aliado, perdera a Secretaria de Defesa do Cidadão, com a saída de Aloísio Piazza, e a presidência da Floram, com a demissão de Francisco Rizatki. E exigiu reconhecimento pela defesa que faz do prefeito na Câmara.

No feriadão, Ildo Rosa, Danilo Cunha e Itamar Bevilaqua selaram um acordo. Se fosse para prosseguir o trabalho de proteção da cidade, de uma nova gestão pública e de reformulação dos processos administrativos, tudo com mais transparência e sem ranços políticos, eles continuariam. Mas se um deles ficasse fragilizado, em função de exigências dos aliados, os três abandonariam o barco, o que provocaria nova crise na prefeitura. Os três dizem trabalhar por mudanças técnicas, éticas e de gestão. Estudam o projeto de criação da Secretaria do Meio Ambiente e Urbanismo e estão empenhados na elaboração do Plano Diretor.

Blindagem

No mesmo dia em que o prefeito conseguiu debelar o incêndio, teve início um processo inovador na cidade, com a formação de uma força-tarefa. Este grupo vai se dedicar a um trabalho integrado de fiscalização para evitar invasões ilegais e construções irregulares na Capital.

Objetiva, também, maior integração entre os diferentes órgãos da prefeitura: o Ipuf, responsável pelo planejamento estratégico; a Secretaria de Serviços Públicos, que concede as autorizações para construção; e a Floram, que libera as licenças ambientais. A idéia é unir os três órgãos e conferir à força-tarefa poderes de fiscalização de forma unificada. A ordem seria oferecer uma nova alternativa para a Capital.

Berger prometeu acomodar o PMDB no governo. Mas, agora, optou pelo fortalecimento da Floram, do Ipuf e do governo.

Outra

Decepcionante o visual noturno da Serra do Rio do Rastro. Turistas que por ali passam verificam, frustrados, um meio apagão. Um deles contou 73 lâmpadas apagadas.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *