Cães de rua, problema de saúde pública
04/07/2007
Socorro!
04/07/2007

Mais de 20 pingüins mortos no Campeche

Pelo menos 20 pingüins mortos foram encontrados ontem ao longo da Praia do Campeche, no Sul da Ilha, em Florianópolis.

A Polícia Ambiental informou que alguns podem ter morrido no mar há alguns dias, pois apresentavam sinais de decomposição.

Nesta época do ano, é comum os pingüins migrarem do Pólo Sul ao Litoral Sul do Brasil. Eles vêm em busca de comida (cardumes de peixes).

O vice-presidente do Instituto Baleia Franca, Henrique Litman, diz que muitos pingüins morrem por causa do óleo no mar despejado por navios.

– Eles morrem na água e chegam à praia pela maré. Os que chegam à praia vivos estão machucados ou muito cansados de tanto nadar atrás de peixes – explicou.

Os pingüins costumam ser vistos no Litoral brasileiro antes das baleias, que nesta época do ano saem do Pólo Sul para ter filhotes em águas menos frias.

Mas neste ano, contudo, têm aparecido junto com elas (12 já foram avistadas no Litoral Sul do Estado), fenômeno que surpreendeu ambientalistas.

Maré alta teria arrastado os pingüins

Ontem de madrugada, a maré estava mais alta que nos dias anteriores. Ela contribuiu ao surgimento dos pingüins na praia.

– Sempre que o frio bate, a maré cresce. Além disso, estamos saindo da lua cheia. E isso é outra coisa que deixa a maré alta – disse o pescador Miguel Braz, 79 anos.

Os pingüins espalhados pela areia da Praia do Campeche, a pouco mais de 20 quilômetros do Centro de Florianópolis, chamaram a atenção de moradores locais e freqüentadores.

– Normalmente a gente via um ou outro lá por setembro. Agora já estão por aí. Pena que esses estão mortos – disse o morador Edu da Silva, que gosta de pegar ondas na praia.

Sobre a espécie

> O pingüim é uma ave marinha que se alimenta de peixes, crustáceos e moluscos.
> Não voa, mas pode chegar a 40 km/h nadando.
> Possui uma espessa camada de gordura para proteger o corpo.
> Os pingüins pesam de 15 a 35 quilos e podem viver até pouco mais de 30 anos.
> Os tubarões, as baleias e as focas-leopardo são inimigos naturais.
>São animais dóceis. Mas se forem ameaçados podem atacar.

(Jeferson Bertolini, DC, 04/07/2007)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *