Queda-de-braço
05/04/2007
As áreas costeiras serão alagadas
09/04/2007

Florianópolis terá festival cultural

Florianópolis deve sediar em 2008 um festival internacional e temático nos mesmos moldes do Festival di Ravello, um dos mais prestigiados da Itália. O evento terá música sinfônica e popular, teatro, dança, ciência, cinema e literatura.

O objetivo principal do festival, que deve acontecer durante 10 dias na segunda quinzena de abril com a colaboração dos organizadores do evento italiano, é atrair para a Capital um turismo de alta qualidade.

O secretário de Estado de Articulação Internacional, Vinícius Lummertz Silva, disse que Santa Catarina tem eventos culturais importantes, mas carece da “lógica do business” que os italianos já possuem com seus mil festivais realizados anualmente.

– Vamos entrar de forma profissional no “business” de festivais – afirmou Lummertz.

A realização do evento em Florianópolis começou com a capacitação de profissionais no Mestrado de Gestão de Festivais, uma parceria entre governo do Estado, Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e Sapienza Università di Roma, e tomou forma a partir da consultoria prestada pelo sociólogo Domenico de Masi.

Num estudo apresentado no ano passado, de Masi apontou que não existe em Santa Catarina um turismo de “altíssimo nível”, apenas de nível elevado, médio e baixo, sendo todos eles misturados e sem planejamento.

O festival de Florianópolis terá um caráter popular e interdisciplinar, com acesso garantido a toda a população.

– O festival terá basicamente dois propósitos, de promover o turismo de negócios e o crescimento cultural da população – disse de Masi.

Programação exclusiva para os executivos

O sociólogo exemplifica as mudanças que o Festival di Ravello ocasionaram na cidade italiana, onde o número de turistas caiu 15%, mas o faturamento com o turismo cresceu 300%.

Em Florianópolis, paralelamente ao festival de arte haverá um evento exclusivo para administradores e executivos. Eles participarão de uma programação direcionada à formação executiva estratégica e temática, com imersão cultural nas horas vagas.

– O bom turismo respeita o ambiente, faz uma troca intelectual com a população local, aprende e ensina, faz crescer a comunidade – comentou de Masi.

Lummertz destacou ainda que o festival de Florianópolis está sendo planejado para ser o maior e mais importante do Brasil.

Para cada área da cultura presente no evento haverá um diretor catarinense e um diretor com experiência nacional.

– Nós sabemos fazer. Já estamos fazendo um festival de dança que é o maior do mundo – compara o secretário.

(DC, 06/04/2007)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *