Quinto mundo
07/11/2006
Passou
08/11/2006

Novos shoppings vão ampliar mercado de trabalho na região

O Floripa Shopping, no bairro Saco Grande, e o Shopping Iguatemi, no Santa Mônica, devem ampliar em cerca de 40% o número pessoas colocadas no mercado de trabalho no comércio da Capital. Quando os dois empreendimentos estiverem em operação, o índice vai receber um incremento de 8,3 mil vagas, se confirmadas as expectativas dos empreendedores.

O Floripa Shopping, no bairro Saco Grande, e o Shopping Iguatemi, no Santa Mônica, devem ampliar em cerca de 40% o número pessoas colocadas no mercado de trabalho no comércio da Capital. Atualmente o setor absorve cerca de 20 mil trabalhadores, de acordo com dados do Sindicato dos Comerciários de Florianópolis (SEC). Quando os dois empreendimentos estiverem em operação, o índice vai receber um incremento de 8,3 mil vagas, se confirmadas as expectativas dos empreendedores.

Com inauguração marcada para amanhã, o Floripa Shopping deve gerar em torno de 4,5 mil empregos diretos e indiretos. Parte das vagas será preenchida por funcionários capacitados pelo Instituto Floripa+Futuro, que em seis meses de atuação proporcionou a qualificação gratuita de mais de 1,4 mil pessoas e viabilizou a contratação de 300. O projeto promoveu cursos profissionalizantes gratuitos aos moradores do entorno do empreendimento, informa o superintendente Ricardo Visco. O empresário explica que o número de contratações é baseado em pesquisa de demanda pela quantidade de estabelecimentos confirmados. “Além disso, as lojas âncora contratam normalmente um volume expressivo de atendentes”, argumenta. Visco acredita que a obra também vai fortalecer a economia local por meio da geração de trabalho e renda nos bairros vizinhos.

A partir de 15 de março, data prevista para inauguração do Shopping Iguatemi, mais 3,8 mil postos de trabalho diretos e indiretos serão abertos na cidade. O empresário Paulo Cezar Maciel da Silva, do Grupo Santa Fé, parceiro do empreendimento, lembra que apenas o Hipermercado Big prevê a absorção de 550 pessoas para os três turnos de funcionamento. O complexo possui 180 lojas, sendo que 132 já estão comercializadas. “Cada estabelecimento deve contratar um mínimo de cinco funcionários”, explica. Paulo diz que o shopping também será um formador de opinião em nível de turismo por conta da marca Iguatemi, consagrada no País pela excelência. Paulo acredita que o shopping deve beneficiar os bairros do entorno em diferentes viés. “Vamos gerar emprego e facilitar acesso ao comércio de qualidade para as comunidades da Lagoa, Córrego Grande, Itacorubi, Trindade, entre outros”, comenta.

O vice-presidente da Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio), Hamilton Andrino, chama a atenção à promoção da inclusão social nos bairros próximos ao empreendimento. “Onde há emprego, o dinheiro circula e a tendência é diminuir a violência e os índices de pobreza”, argumenta. Na opinião de Hamilton, existe público na cidade para fomentar o comércio nos novos empreendimentos. “O consumo e a população de Florianópolis aumentam geometricamente. Há espaço para todos. A cidade só tem a ganhar”, declara. O diretor do Sindicato dos Comerciários, Lael Martins Nobre, também tem uma visão positiva. “Para o setor de serviços, os novos complexos são bastante significativos”, aposta o sindicalista. Na opinião de Lael, a economia da cidade está se movimentando e os empreendimentos podem significar a continuidade de trabalho para os comerciários. “Os shoppings vão trazer empregos permanentes, quebrar um pouco da sazonalidade característica em Florianópolis”, argumenta.

Iguatemi aposta na presença grandes marcas

Administrado pela Iguatemi Empresa de Shopping Centers, o Iguatemi Florianópolis tem área construída de aproximadamente 95 mil metros quadrados. Está localizado em uma região de fácil acesso e alto poder aquisitivo, entre as avenidas Beira-mar Norte e Madre Benvenuta. Entre as apostas do empreendimento para agradar os consumidores está a presença de grandes marcas, algumas delas ícones do mundo fashion, como Zara, Calvin Klein, Brooksfield, M. Officer, Richards e Le Lis Blanc, a maioria estreante em Santa Catarina. Grifes catarinenses como Someday, Boby Blues e Makenji, que fazem sucesso entre os jovens, também terão espaço no empreendimento, que tem como âncoras a rede de hipermercados americana Wal-Mart, a rede de cinemas Cinesystem, a espanhola Zara, de moda, a Renner, a Paquetá Esportes, o Espaço Chevrolet, o Ponto Frio, a Saraiva Megastore e a Colombo.

Localizada no terceiro piso e com ambiente privilegiado pela luz natural, a praça de alimentação contará com 18 operações, 800 lugares e amplia o leque de opções gastronômicas da cidade, com Bella Gula, Giraffas, Montana Grill e Spoleto, entre outras. A área de lazer e entretenimento, com 9 mil metros quadrados, terá jogos eletrônicos, kid play e salão para festas de aniversário. O espaço também contempla um conjunto de sete salas de cinema multiplex, todas com formato stadium, num total de 1,8 mil lugares.

A Iguatemi Empresa de Shopping Centers é referência no segmento de shoppings centers e administra diretamente sete empreendimentos no País, dentre os quais o Shopping Iguatemi São Paulo, na região dos Jardins, na capital paulista.

Floripa vai abrir as portas ao público amanhã

O Floripa Shopping, com infra-estrutura do empreendimento de dois pisos, foi concluído no final de setembro e abre as portas ao público amanhã. A expectativa é de que o espaço receba cerca de 30 mil visitantes nos primeiros 60 dias após a abertura. Lojas como Centauro, Riachuelo, Ri Happy, Lady&Lord, Marisa, Casas Bahia, Roka, Boby Blues, Vivo, Tim, Peach by Constança Basto e Eurobooks estarão concluídas para receber o público. O Floripa contará com mix de 160 lojas, muitas estreantes no Estado, entre elas o centro de estética e cabeleireiros Lady&Lord, a Riachuelo e a Centauro, a maior rede de artigos esportivos da América Latina. Outra atração é a Eurobooks, conceito europeu de livraria cultural.

O empreendimento também vai abrigar o primeiro cinema multiplex de Santa Catarina, administrado pela rede internacional Cinemark, com sete salas em formato stadium e capacidade para 1,6 mil espectadores, com previsão de conclusão no início de 2007. Na programação está o centro de diversões Playland, da rede Playcenter, que será o maior parque fechado do Sul do País, com brinquedos como mini montanha-russa, carrossel, videogames, entre outros.
(Gisa Frantz, A Notícia, 08/11/2006)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *