Secretário fala sobre Beira-Mar Continental
31/08/2006
Polícia Federal descobre irregularidade em Ingleses
31/08/2006

Festival da Paz espera reunir 15 mil na Capital

A chegada da “chama da paz” hoje à noite no Largo da Alfândega, em Florianópolis, marcará a uma cerimônia especial de abertura oficial do Festival Mundial da Paz. Após a celebração, a Chama será conduzida, ainda em caminhada, até a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde haverá grande parte das palestras do Festival marcado para ocorrer entre os dias 1o e 6 de setembro.

O festival deve reunir 15 mil pessoas em atividades ligadas às áreas de ciências, filosofia, tradições culturais e artes. O evento é direcionado a integrantes de movimentos sociais e ambientais, organizações públicas, associações, redes solidárias e entidades que visam o desenvolvimento e a aplicação da prática da cultura da paz na comunidade. As inscrições podem ser feitas pelo site www.festivalmundialdapaz.org.br, onde também é possível encontrar informações.

A fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, dará palestra sobre o trabalho de recuperação de crianças desnutridas. As plenárias contarão com a participação de outros 20 palestrantes, que abordarão uma nova visão de mundo em prol da paz mundial.

Outros nomes internacionais já confirmados são o físico romeno Basarab Nicolescu, considerado pela Unesco uma das 20 personalidades que mais influenciaram a educação no século 20, o filósofo francês Jean-Yves Leloup, sacerdote hesicaste que tem vasta obra sobre o desenvolvimento da consciência humana. O Festival terá eventos paralelos. No Painel Mídia de Paz, por exemplo, se discutirá a responsabilidade da comunicação como meio de mudança de paradigmas. Além do Encontro de Educação pela Cultura de Paz e Direitos Humanos, que tem o objetivo de compreender, divulgar, compartilhar e capacitar agentes multiplicadores da cultura de paz. O evento também vai oferecer ao público atividades gratuitas como a prática de esportes, espaços terapêuticos, oficinas de arte, danças e culinária.
(A Notícia, 31/08/2006)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *