Diálogo
25/07/2006
Localizada origem de esgoto irregular
26/07/2006

Dentro de uma semana a Comcap deve concluir a limpeza das margens e das valas situadas a céu aberto, nas proximidades do rio Pau do Barco, no Monte Verde. Uma equipe com 19 funcionários e oito máquinas está há dois dias no local, retirando entulhos e móveis velhos, bem como fazendo a varrição e capina em toda a região. A operação de limpeza seguirá depois para as comunidades do Santa Mônica, Ratones e Rio Tavares.

Na região continental, praticamente todas as áreas mapeadas já foram limpas e agora os trabalhos estão concentrados nos bairros da Ilha. Já receberam a visita dos operários as comunidades do Saco dos Limões, Lagoa da Conceição, Carianos e João Paulo. Para fazer a desobstrução dos canais estão sendo utilizadas duas retorescavadeiras, três caminhões e três roçadeiras mecânicas.

A Comcap também já obteve autorização da Floram, Fatma e Ibama para fazer dentro de 90 dias a desobstrução das valas localizadas junto à área de mangue no Santa Mônica e Trindade. Além dessa região, a operação vai ser realizada junto aos manguezais do Ratones e Rio Tavares, onde periodicamente a população costuma jogar móveis e depositar entulhos.

Segundo o Diretor de Operações da Comcap, Milton Otávio da Silva, a empresa também pretende iniciar um trabalho conjunto com a Vigilância em Saúde para fiscalizar os hospitais da cidade que não estão fazendo a separação correta dos materiais contaminados. “Temos encontrado pedaços de corpo humano, seringas e outros produtos durante a coleta de lixo convencional, colocando em risco a saúde dos garis que manuseiam o material”, explicou.
(Dieve Oheme, Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Florianópolis, 25/07/2006)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

1 Comentário

  1. Mariza T. Martins disse:

    Olá sou moradora do Monte Verde há 25 anos, e noto que meu bairro nunca esteve tão abandonado, é uma pena pois é um lugar muito gostoso de morar. Não temos calçamento em torno do canal, onde as crianças poderiam brincar de bicicleta, pois se encontra em total abandono, cheio de buracos e mato. Tbém não temos uma pracinha decente com brinquedos infantis. Enfim temos que ficar entocados em casa por falta de opção de lazer. Temos uma cachoeira com mata fechada, mas não podemos ir, nem levar parentes e amigos pq os viciados tomaram conta do local e já houve inclusive tiroteio resultando em morte. Então, apelo para a ajuda de voces pq na verdade não sei a quem recorrer, obrigada e parabéns pela boa iniciativa de prevervação de nossa querida ilha.
    Mariza T. martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *