Construtor comemora liminar do Plano Diretor
23/06/2006
Fórum cobra mais agilidade da Prefeitura
23/06/2006

Turismo será debatido em encontro na Capital

Seis mil visitantes e R$ 50 milhões em negócios para o setor são as expectativas do Encontro Catarinense de Turismo (Ecatur), na Capital, entre os dias 29 de junho e 1o de julho. A programação terá duas feiras de negócios. Uma será voltada aos hoteleiros e mostrará os lançamentos. A outra envolverá as agências de viagens e abordará os principais roteiros turísticos. Seminários, palestras, cursos, apresentação de trabalhos científicos e debates também farão parte do evento, no Centrosul.

A estimativa de concretizar R$ 50 milhões em negócios é do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-SC), João Eduardo Amaral Moritz, promotora do Ecatur com a Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav-SC). Problemas e soluções do mercado deverão ser discutidos entre hoteleiros, agentes de viagens, profissionais, estudantes e professores da comunidade turística.

Os números do turismo catarinense animam os empresários e o governo estadual. Na última temporada, 3,14 milhões de pessoas visitaram o Estado, sendo a grande maioria (2,93 milhões) vinda do próprio País, com destaque para os estados do Sul. O fluxo de visitantes gerou para Santa Catarina receita estimada em R$ 605,53 milhões e a média de permanência no Estado foi de nove dias. Além dos locais, vieram principalmente gaúchos e paranaenses. Os argentinos continuam sendo os visitantes estrangeiros recordistas, seguidos por paraguaios, uruguaios e chilenos.

A atividade é responsável por 7% do Produto Interno Bruto (PIB) e o terceiro segmento da pauta de exportações do País. O turismo movimenta outros 52 setores da economia, gera um faturamento de U$ 25,8 bilhões por meio das viagens de 45 milhões de brasileiros e de 5,3 milhões de turistas estrangeiros. O setor emprega 6 milhões de pessoas.
(A Notícia, 23/06/2006)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *